sexta-feira, 31 de julho de 2009

Síndrome do Vermelho



.
.
.

Nessa sexta tive uma experiência esquisita.Sabe quando você começa a prestar atenção nos detalhes que estão ali a sua frente? Pois é, comecei a prestar atenção somente na cor vermelha... Todas as cores foram anuladas em meus Olhos...Estranho... Mas foi essa sensação que tive. O vermelho para muitos lembra sangue = morte / ou para algumas pessoas pode ser a cor símbolo das paixões. O mais impressionante eram os carros que passavam nunca tinha visto tantos carros vermelhos. As pessoas usando roupas vermelhas, tudo! Os detalhes dos lugares. Andando pelas ruas sempre apareciam coisas cuja as cores eram vermelhas. Me sentei num trailer pra comer aquele velho sanduba! X- tudo acho que era isso. Chamei então o garçon e, ele veio e que cor era a camisa? Vermelha isso mesmo!!!... Ai me lembrei nossa ainda tem catchup ... Mais vermelho.Queria achar uma resposta para isso. Será em breve alguma morte? Fiquei assustada com esse pensamento. Uma amiga me falou - Acho que é paixão à vista. Prefiro a tese dela antes uma paixão do que uma morte.

Coisas de uma noite...Vermelha...

quinta-feira, 30 de julho de 2009

AMOR AGAPÉ.






O AGAPÉ, é o amor de Deus. É incondicional, não está dependente de uma resposta positiva: Eu amo-te, se tu me amares também. Não! O amor de Deus diz: Eu amo-te, mesmo que tu me rejeites, que fales mal de mim, que me persigas, que tu me faças mal.
Este amor diz: Eu amo aquela pessoa de qualquer jeito, tal e qual como ela é. Eu amo aquela pessoa quer ela me tenha feito bem ou não quer ela me venha a fazer bem ou não.É um amor que não é baseado nos sentimentos, nem em interesses pessoais. Veja que Jesus o amou a si, mesmo sem você O amar. Nós faziamos coisas desagradáveis aos seus olhos, porém, ele continuou a amar-nos esperando que um dia, nos reconciliassemos com Ele, e fizessemos a Sua Vontade.O Amor Agapé considera uma pessoa valiosa e preciosa independentemente, da sua maneira de ser, daquilo que ela é ou faz.Conta-se de uma história que se passou durante a segunda Guerra Mundial. Aconteceu num Campo de Concentração "Nazi", que um prisioneiro fugiu. Quando as autoridades descobriram, forçaram os companheiros da cela a confessarem como ele tinha fugido. Mas, como ninguém ousava falar, então o oficial mandou fuzilar metade daqueles prisioneiros. A lista foi feita, e entre os condenados estava um homem, que costumava maltratar os cristãos que estavam com ele na mesma cela. No dia seguinte, levaram todos os prisioneiros a assitir. Exclamou o oficial: "Assim acontecerá, a todos aqueles que tentarem fugir deste Campo...". Quando um destes cristãos que estava na mesma cela, o interrompeu dizendo: "Eu não fui condenado, mas se me é permitido, eu tomo o lugar daquele homem que sempre me criticou por eu ser crente ...".Assim aconteceu há 2.000 anos atrás. Jesus não era condenado, nem tão pouco prisioneiro. Ele era livre, mas nós estavamos condenados. Ele tomou sobre si a nossa condenação e deu-nos a sua liberdade. Ele morreu em nosso lugar, desceu ao inferno no nosso lugar. Mas, ao ressuscitar Ele venceu o nosso opressor (o diabo). Hoje, todo aquele que recebe Jesus passa da condenação para a liberdade, da morte para a vida. Este é o Tipo de Amor de Deus.I Coríntios 13:1-7 - O amor é muito paciente e bondoso, nunca é invejoso ou ciumento, nunca é presunçoso nem orgulhoso, nunca é arrogante, nem egoísta, nem tão pouco rude. O amor não exige que se faça o que ele quer. Não é irritadiço, nem melindroso. Não guarda rancor e difícilmente notará o mal que outros lhe fazem. Nunca está satisfeito com a injustiça, mas se alegra quando a verdade triunfa.

->Se você amar alguém, será leal para com ele, custe o que custar. Sempre acreditará nele, sempre esperará o melhor dele, e sempre se manterá em sua defesa.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

...


"Sou o que quero ser, porque possuo apenas uma vida e nela só tenho uma chance de fazer o que quero.
Tenho felicidade o bastante para fazê-la doce dificuldades para fazê-la forte,
Tristeza para fazê-la humana e esperança suficiente para fazê-la feliz.
As pessoas mais felizes não tem as melhores coisas,
elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem em seus caminhos."

Clarice Lispector

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Tic-tac...

O tempo passa... É tic-tac... Pra todo mundo...
E quando esse danado teima em passar faz mudanças... Olho em minha volta e vejo que não sou mais como era antes... As duvidas ainda persistem sim elas estarão atentas as minhas fraquezas, muitas se resolverão ao longo do tempo. O tempo me deu maturidade – Ufa, pensei que nunca iria chegar esse tempo, tempo de saber esperar, de calar para ouvir, de respirar fundo e dizer a mim mesma – Calma tudo passa... Observo tudo a minha volta... Calo-me por muitas vezes... Desculpem, não queiram que eu seja sempre fala, dê sorrisos, e conte piadas e seja chatice. Não, não meus queridos, às vezes, sou silêncio... E tenho muitos dos silêncios que me acompanham por horas, dias... E entendam se eu me calar por minutos, horas e dias respeitem! Será bem melhor para vocês. O tempo sempre tem razão já perceberam? Ele é o “Senhor” sabe tudo. Espere sempre por ele... E confie. Ele não te fará esperar à toa. Sigo meus caminhos e não quero os de estrada reta, sem obstáculo... Esses não têm a menor graça e caem facilmente na rotina... Prefiro os tortos. Esses sim, nos fazem superar as adversidades... Que costumo chamar de “superação”... E isso é Vida... Tudo muda a todo instante... Tudo passa depressa não esqueçam... O relógio estará sempre a bater Tic-tac, tic-tac... E se ele parar troque a pilha... (rsrsrs).

sábado, 25 de julho de 2009

Acontece assim...



Ordem natural das coisas

(Guilherme Rondon e Paulo Simões)

Quando o sol já corre a se esconder
E a noite já se faz sentir
Aparecem os velhos temores
Coração precisa resistir
Não se mata a sede de viver
O futuro nunca vai ter fim
Nem que seja o sonho dos poetas
Tudo aquilo que restou pra mim
E que me conduz

De repente vem uma canção qualquer
Logo nos seduz
E a verdade que ninguém podia ver
Surge a olhos nus

Mas nem tudo é como a gente quer
Esse mundo não foi feito assim
Desprezamos todos os valores
Nem sabemos mais o que é ruim
Então siga logo quem souber
O caminho para ser feliz
É viagem pra quem não tem pressa
O destino de quem sempre quis
Ter alguma luz

De repente vem uma canção qualquer
Logo nos conduz
E a verdade que ninguém podia ver
Surge a olhos nus

Com a ordem natural das coisas
Pelo menos aprendi
Foi a ordem natural das coisas
Que me trouxe até aqui.


P.S
Beijos²²²

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Ponto de Equilíbrio



Sorrisos...E gargalhadas sempre me acompanham em meio a tudo que sinto por dentro. Coração alegre, triste...Triste, alegre...Quem de veras não tem uns momentos assim..dos quais nos fazem refletir sobre o verdadeiro sentido da vida e qual seria esse verdadeiro sentido? Me digam qual? Vivo nessa busca constante e me levo, me deixo cair sobre pensamentos inocentes, puros acreditando que tudo e todos somos bons... Ah, se tivessemos como provar de cara quem é bom... Ainda acredito no puro...Nos sentimentos verdadeiros... Assim vivo bem melhor. Procuro o ponto de equilíbrio no bom humor... Ultrapassando os obstáculos... Sim, eles sempre estarão ali a me testar...Não caio facilmente...não, não cairei...meu santo santo é forte...


Encontre-se...