quinta-feira, 17 de junho de 2010

Grito de borboleta...


Desejo mudar...imediatamente!
Quero meu casulo...
Preciso...inevitavelmente de mudança...
Minhas cores...Se enfraqueceram...
O Néctar já não tem mais o mesmo sabor...
Necessito de silêncio...

Sinto-me perdida...
Minhas asas teimam em não querer voar...
quero...meu casulo...
Quero meu CASULO.
Quero refúgio...

5 comentários:

Karine Melo disse...

Lindo isso!

:)


seguindo ;*

jagga nathan простй disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
jagga nathan простй disse...

Fala ai...он будет опубликован после того, как его

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

"Tudo flui, tudo sonha, na imortal ânsia risonha..."

A mudança, o devir é, mas é preciso guindá-la, direcioná-la... ;)

Paoli disse...

Lindo!
UMA BORBOLETA TEM NECESSIDADE DE VOAR...
mAS HÁ MOMENTOS EM QUE É PRECISO REFUGIAR-SE NO CASULO, UM TEMPO DE
REFLEXÃO, SILÊNCIO...
bEIJOS!
bLOG É MUITO LEGAL!