segunda-feira, 8 de novembro de 2010

ADVERTÊNCIA




Se eu disser menos do que deva,
acresça.
Se eu disser mais do que convém,
esqueça.
É que, em matéria de amor, eu sou assim:
um pouco mais,
um muito menos...
eu nunca sei o ponto certo,
principalmente
se você está por perto.

[Cineas Santos]

3 comentários:

Anami Brito disse...

O amor é sempre inspirador e intimidador. Gostei do blog!! Voltarei sempre. Abraço!!

Poemas e Amizades disse...

Lindo, doce, enxuto, perfeito!
Não será talvez o não saber o ponto certo por se estar tão perto a maior de todas as doçuras desejáveis e a melhor de todas as loucuras perdoáveis do amor? Pois a não ser que alguém invente algum amor com um estranho comedimento, não saber o ponto certo será sempre a maior das provas de que é verdadeiro o sentimento...
Abraço carinhoso, Karlla!!!
Lello

Lucas Tiago R. de Freitas disse...

O amor deixa as ideias meio perdidas, sem rumo certo e definido...