terça-feira, 2 de novembro de 2010





Não importa quanto tempo já se passou: eu sou a mesma, o amor é o mesmo, e a esperança. 

Um comentário:

Lucas Tiago R. de Freitas disse...

Amor de verdade não passa, independente do que aconteça.