quinta-feira, 18 de outubro de 2012

A menina descobre...




Ela é só tristeza...
a menina chorou
lágrimas angustiadas...
ela não pôde controlar o seu coração bater em descompasso... 
Sentir em seu peito a possibilidade de perder o poeta...
foi como se não pudesse  se sentir mais viva.
Ele a inspira,
 emociona, e em meio a palavras ásperas 
 a descobre.
Ela é uma mistura.
hora doce,
hora amarga...
Mas o ama acima de tudo.
Ela tem por ele...
 sentimentos 
lapidados,
cristalizados,
e eternizados.
A menina sente 
descobre que já não sabe viver sem o seu poeta.

[Karlla Faby]

Um comentário:

Derot disse...
Este comentário foi removido pelo autor.